Let it be

Às vezes eu não sei por que certas coisas acontecem. Na verdade, eu sei, só é difícil digeri-las. Nós erramos tentando acertar… mas e aquelas pessoas que continuam persistindo no erro? Eu posso ser uma delas, claro.

Quem é perfeito, afinal de contas?

O cansaço às vezes me consome, mas é no final do dia que as coisas pioram. Eu não sei por que estou aqui escrevendo isso. Talvez seja para desabafar, coisa que não faço desde… abril. Aquele nó na garganta que não te deixa respirar direito. Por que tem que ser assim? Já não basta a faculdade, o estágio, o trabalho… Sei que há pessoas em situações realmente difíceis, e eu estou aqui a reclamar de coisas bobas, talvez. Mas é como eu me sinto e eu realmente gostaria de poder apagar tudo isso da minha cabeça. Eu quero apenas viver o momento, o agora, sem me preocupar se as coisas são para sempre ou não.

Acho que eu deveria me desapegar ainda mais das pessoas. Ligar o f*da-se de uma vez. O problema é que eu ainda me importo, e acho que é por isso que eu sofro. Mas bem, aqui estou eu… vivendo as consequências das minhas ações.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s